Tipos de câncer de mama


Existem, infelizmente, vários tipos de câncer de mama e por esse motivo a evolução da doença pode ocorrer de várias formas diferentes .

Enquanto alguns crescem rapidamente, outros têm desenvolvimento mais lento.

Alguns podem ser mais raros e agressivos em relação a outros precisando, inclusive, de tratamentos mais intensos.

A classificação de cada tipo de câncer de mama, dentre outros fatores, depende do local onde se originou, da sua extensão e do seu potencial de avanço e crescimento.

O que é o câncer de mama?

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama.

Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. 

Principais tipos de câncer de mama

Tipos de câncer de mama
Imagem: Pixabay

Continue lendo e conheça seis, dos mais comuns, tipos de câncer de mama:

  1. Carcinoma Ductal In Situ (CDIS)
  2. Carcinoma Ductal Invasivo (IDC/ILC)
  3. Carcinoma Dobular In Situ (CLIS)
  4. Carcinoma Lobular Invasivo (CLI)
  5. Carcinoma Inflamatório 
  6. Doença de Paget do Mamilo

Além disso, em certos casos, um único tumor pode ser uma combinação do tipo de câncer de mama in situ e invasivo.

Ductal e Lobular

Ductal e lobular são dois termos usados ​​para descrever o local da mama onde o tumor teve sua origem:

  • Carcinoma ductal – tem sua originem nas células dos ductos mamários.
  • Carcinoma lobular – tem sua origem nas células dos lóbulos mamários.

In Situ e Invasivo

Os carcinomas ductal e lobular podem ser classificados como insitu ou invasivo e representam a extensão do tumor:

  • In Situ – também chamado não invasivo, significa que o câncer não se espalhou para outros órgãos, porem ele pode se transformar em invasivo.
  • Invasivo – também chamado infiltrante, significa que o câncer se espalhou para outros pontos do organismo por meio do sistema linfático ou da circulação sanguínea. 

1 – Carcinoma Ductal in Situ (CDIS)

O Carcinoma Ductal in Situ é o tipo de câncer de mama não invasivo mais comum e representa o início do tumor.

Ele é um tipo de câncer que afeta os ductos da mama, que são os canais que conduzem o leite.

Todo câncer de mama in situ apresenta grande potencial para se transformar em invasivo.

2 – Carcinoma Ductal Invasivo (IDC/ILC)

O Carcinoma Ductal Invasivo, também conhecido como infiltrante, é um tipo de câncer de mama invasivo, que também afeta os ductos da mama.

Ele pode crescer localmente ou se espalhar para outros órgãos do corpo por meio de veias e vasos linfáticos.

3 – Carcinoma Lobular In Situ (CLIS)

Esse tipo de câncer de mama, também chamado de neoplasia lobular, tem sua origem nos lóbulos da mama (glândulas responsáveis pela produção de leite), e é considerado um tipo de tumor menos agressivo e mais fácil de ser tratado.

4 – Carcinoma Lobular Invasivo 

O Carcinoma Lobular invasivo também tem sua origem nos lóbulos mamários e possui grande potencial para se espalhar para outras partes do corpo.

5 – Carcinoma Inflamatório

Tendo em vista a sua capacidade de crescimento rápido, o câncer de mama inflamatório é um tipo de câncer invasivo, considerado raro e agressivo.

Ele começa nas glândulas que produzem leite, possui uma grande extensão e se apresenta como uma inflamação deixando a mama inchada e avermelhada.

Na maioria dos casos, quando diagnosticado, esse tipo de tumor já está disseminado, o que torna o tratamento mais difícil.

Além disso, ele tem maior probabilidade de se espalhar e voltar após o tratamento do que outros tipos de câncer de mama. 

6 – Doença de Paget do Mamilo

A doença de Paget do mamilo é um tipo de câncer de mama raro e invasivo que começa nos ductos mamários e se espalha para a pele do mamilo e depois atinge a aréola – círculo escuro ao redor do mamilo.

É caracterizado por alterações na pele do mamilo, como crostas e inflamações, corrimento de sangue ou líquido amarelo, além de queimação ou coceira. 

Todavia, muitas vezes o paciente pode não apresentar sintomas.

Diagnóstico do tipo de câncer

O diagnóstico do tipo de câncer de mama somente pode ser feito por meio de biópsia, um procedimento cirúrgico no qual é coletada uma amostra de tecido para estudo em laboratório.

Durante todo o mês de outubro ocorre internacionalmente uma campanha conhecida como “Outubro Rosa”, que tem como objetivo conscientizar todas as pessoas quanto a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Conclusão

Assim como outros tipos de tumor, o câncer de mama se descoberto no início apresenta maiores possibilidades de cura.

Por isso, é muito importante que você faça o autoexame das mamas, visite o seu médico regularmente, alimente-se corretamente e mantenha uma rotina regular de atividades físicas.

Se gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe.

Você também pode assinar o boletim para receber atualizações por e-mail.


Fontes
National Câncer Institute (NIH).
Instituto Nacional do Câncer (INCA).
Ministério da Saúde


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Como Superar a Depressão e a Ansiedade.

¤