Benefícios da ergonomia


Você sabe quais são os benefícios da ergonomia?

A ergonomia é a disciplina que busca adaptar o local de trabalho às condições do trabalhador, objetivando aumentar a saúde, a segurança e o conforto do mesmo e consequentemente alcançar uma maior eficiência.

Ela deve ser aplicada diretamente no ambiente organizacional de acordo com a atividade de cada colaborador.

A ergonomia está ligada diretamente ao ambiente de trabalho, às disposições de máquinas e equipamentos e principalmente ao leiaute, sendo assim, um assunto muito importante para ser tratado. 

O profissional de segurança do trabalho e o fisioterapeuta em conjunto com os trabalhadores precisam buscar informações quanto ao posto de trabalho para estudar melhores práticas que facilitem a execução das atividades.

Definição oficial de Ergonomia

A ergonomia é o estudo científico da relação entre o ser humano e seus meios, métodos e espaço de trabalho. Seu objetivo é elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que, dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar numa melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e dos ambientes de trabalho e de vida.

(Congresso Internacional de Ergonomia, 1969).

Além de buscar adaptar o trabalho ao ser humano, a ergonomia também objetiva melhorar as condições de trabalho, a saúde, a prevenção de acidentes laborais, proporcionar conforto e eficiência e consequentemente melhores resultados em termos de qualidade e produtividade.

– Reduzir a fadiga;

– Reduzir o desconforto físico;

– Diminuir o índice de erros e acidentes de trabalho;

Tipos de ergonomia

Benefícios da ergonomia
Imagem: Pixabay

Ergonomia do posto de trabalho

  • Microergonômia.

Ergonomia de sistemas de produção

  • Macroergonômia.

Ergonomia de Administração

  • Projetos organizacionais e gestão de Recursos Humanos.

Ergonomia de projeto

  • É a ergonomia preventiva no estágio de projeto.

Ergonomia industrial ou de correção

  • Modificações de situações existentes como a temperatura, as dimensões, a iluminação, etc.

Ergonomia de arranjo físico

  • Melhoria de sequências e fluxos de produção.

Ergonomia do produto

  • É a ergonomia de concepção de um dado objeto.

Ergonomia da produção

  • É a ergonomia de chão de fábrica.

Ergonomia de conscientização

  • Capacitação em ergonomia, ou seja, é quando os colaboradores recebem palestras e treinamentos quanto aos conceitos e a importância da ergonomia.

Ergonomia de laboratório

  • É a pesquisa em ergonomia realizada em situação controlada de laboratório.

Ergonomia de campo

  • É a pesquisa em ergonomia realizada em situação real de trabalho.

Ergonomia de Engenharia

  • Projeto e produção ergonomicamente seguros.

Ergonomia de Design

  • Metodologia de projeto e design do produto.

Ergonomia de Psicologia

  • Treinamento e motivação do pessoal.

Ergonomia de Medicina e enfermagem

  • Prevenção de acidentes e doenças do trabalho.

Exemplos de Riscos Ergonômicos

Veja abaixo alguns exemplos comuns quanto a pratica de atividades relacionadas à ergonomia:

  1. Plantação;
  2. Carregamento de cargas;
  3. Alambrar (fazer cerca com arame);
  4. Ordenhar;
  5. Etc.

A postura incorreta é um dos principais fatores que colabora com problemas ergonômicos, pois afetam principalmente a coluna do trabalhador.

Dentro da ergonomia iremos ver também sobre LER e DORTs, que faz parte do grupo que pode ocasionar consequências gravíssimas aos trabalhadores.

Sinais que podem exigir um estudo ergonômico 

Existem vários tipos de sinais que podem exigir um estudo ergonômico, como os sinais fisiológicos e os de trabalho. 

Sinais fisiológicos

  • Quantidade de ar respirado.
  • Atividade elétrica cerebral.
  • Aceleração dos batimentos cardíacos.
  • Temperatura corporal. 

Sinais em nível de trabalho

  • Acidentes e incidentes de trabalho.
  • Repetitividade de erros cometidos em uma determinada tarefa.
  • Baixa produtividade e qualidade reduzida do funcionário.
  • Aumento de retrabalhos.

Benefícios da ergonomia

A ergonomia possui um papel de extrema importância dentro das empresas, pois através dela há uma inter-relação entre a qualidade do produto e o aumento de produtividade e, consequentemente, na  melhoria das condições de trabalho.

Se a ergonomia pode criar gastos, ela também pode representar uma economia para a empresa, pois tem a capacidade de melhorar a saúde do trabalhador evitando afastamentos e outros prejuízos com tratamentos médicos.

Dentre os vários benefícios da ergonomia pode-se destacar:

  • Conforto;
  • Satisfação do trabalhador;
  • Redução do turnover (rotatividade de funcionários antigos por novos);
  • Aumento da motivação dos trabalhadores; 
  • Entre outros.

Conclusão

A ergonomia se faz cada vez mais presente nas instituições e isso é fundamental para quem busca um lugar de destaque em um mercado de grande competitividade.

Se gostou das dicas deixe nos comentários e compartilhe. 



Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *