07/12/2019

Conheça os benefícios que a carqueja oferece


Conheça os benefícios do chá de carqueja para a sua saúde, como preparar e onde encontrar essa erva medicinal. 

A Carqueja, conhecida cientificamente como Baccharis Trimera, é uma erva medicinal muito popular não só no brasil mas em outros países da América Latina.

Ela pode ser encontrada no campo, principalmente em locais úmidos com bastante sol e sua altura pode variar entre 30 cm podendo passar de 1 metro.

Como usar a carqueja

A Carqueja deve ser consumida na forma de chá, mas também pode ser usada como tempero.

Modo de preparo do chá de carqueja

Para preparar o chá de carqueja será necessário:

  • 500 ml de água. 
  • Folhas de carqueja picada ou amassada. 

Modo de preparo

1 – Coloque um recipiente com água no fogo até levantar a fervura;

2 – Desligue e coloque as folhas, ou até mesmo a haste, da carqueja;

3 – Tampe o recipiente e deixe descansar entre 5 e 10 minutos;

4 – Use um coador para filtrar o chá;

5 – Beba de 2 a 3 vezes por dia;

É indicado que seja consumido sem adição de açúcar, porém você pode colocar um pouco de mel para que o chá não fique muito amargo.

O chá de carqueja pode ser encontrado na forma de sachê ou capsula, tornando prática e fácil a sua preparação e consumo.

Benefícios que o chá de carqueja oferece 

Benefícios do chá de carqueja

A carqueja é uma planta que possui inúmeras propriedades capaz de auxiliar no combate a diversos males.

Entre os benefícios que o chá de carqueja oferece podemos destacar os seguintes:

1 – Proteção estomacal

Auxilia na proteção do estômago combatendo complicações como azia, má digestão, gastrite e úlceras;

2 – Controle de diabetes e colesterol

Tendo em vista a sua capacidade de reduzir a absorção de carboidratos ingeridos na alimentação, a carqueja é ótima aliada para pessoas com diabetes e colesterol alto.

Se usado juntamente com medicamentos para diabetes, o chá de carqueja tem a capacidade de diminuir os níveis de açúcar no sangue.

3 – Melhora a circulação sanguínea

Por ser uma excelente fonte de antioxidante, a carqueja auxilia no combate aos radicais livres que são responsáveis por outras doenças e o envelhecimento, melhorando a circulação sanguínea e protegendo o sistema cardiovascular.

4 – Desintoxicação e proteção do fígado

Auxilia no tratamento de doenças do fígado, como cirrose e cólica biliar.

5 – Combate a inflamações

Tendo em vista a presença de propriedades anti-inflamatórias ela ajuda no trato contra diversas inflamações.

6 – Eliminação de vermes intestinais

Vermes intestinais são parasitas que se alojam no organismo, se alimentam de sangue ou do conteúdo intestinal causando uma série de problemas ao indivíduo, como náuseas, diarreia, dores abdominais, vômitos, falta de apetite, anemia, perda de peso e problemas respiratórios.

7 – Combate a doenças respiratórias

O chá de carqueja auxilia no combate a doenças respiratórias como asma e bronquite.

8 – Ação diurética

O chá de carqueja tem ação diurética desintoxicando o corpo por meio da eliminação do excesso de líquidos, reduzindo o inchaço corporal e beneficiando os rins.

9 – Emagrecimento

Dentre as diversas finalidades que pode ser aplicado, o Chá de Carqueja também possui a capacidade de diminuir o apetite, dando sensação de saciedade, colaborando dessa forma com o emagrecimento.

Para cumprir essa finalidade, o chá deve ser ingerido antes de cada refeição e sem adição de açúcar ou adoçante.

Contudo, bons hábitos alimentares e a prática de atividades físicas são fundamentais para regular o peso e manter a sua saúde.

Outros benefícios que a Carqueja oferece

  • Regulação da pressão arterial.
  • Efeito analgésico.
  • Combate a gripes e resfriados.
  • Purificação do sangue.
  • Entre outros.

Efeitos colaterais da Carqueja

Confira os possíveis efeitos colaterais que podem ser provocados pela carqueja, quando ingerida em excesso:

  • Redução da imunidade;
  • Hipotensão (queda de pressão arterial);

Contraindicações do uso da Carqueja

Embora possua diversos benefícios, o chá de carqueja também apresenta algumas contraindicações, como não ser consumida em excesso, nem durante a gestação (tendo em vista que pode provocar um aborto) e durante o período de amamentação, pois suas propriedades são transmitidas para o leite materno.

Além disso, pessoas com pressão baixa (hipotensão) e diabetes controlada por meio de algum tipo de medicamento devem procurar um médico antes de consumir esta erva.

Conclusão

As dicas aqui expostas não substituem uma consulta médica.

Sendo assim, é importante que você visite seu médico regularmente.

Além disso, cada organismo pode reagir de forma diferente ao que foi mencionado.

Não esqueça que uma alimentação balanceada, juntamente com a pratica de atividades físicas regulares são fundamentais para uma vida saudável.

Se gostou das dicas e acredita que podem ser úteis a outras pessoas, compartilhe.

Você também pode assinar o boletim para receber atualizações por e-mail.


Olho no Risco

Nei dos Santos é criador e editor do "Olho no Risco".

Ver todos os artigos de Olho no Risco →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Como dominar a depressão - VEJA

¤